.
.
 REDE PONTO A PONTO COM COMPARTILHAMENTO DE ACESSO EM BANDA LARGA

Você tem dois micros em casa e decide montar uma rede para que as duas máquinas possam trocar informações. Como uma delas está plugada à internet por banda larga, nada melhor que compartilhar esse acesso. Para isso, você precisa ter duas placas de rede, uma para cada micro, e um cabo cross-over. Esses elementos permitem montar uma rede Ethernet na configuração mais simples e mais barata possível e também cria a base física para compartilhar a conexão. Além desses itens de hardware, também é necessário instalar um firewall. Esse programa cria uma barreira que mantém a sua rede isolada da rede externa. Em tempo, é preciso ter a mão o CD de instalação do Windows. 

Usamos placas 10/100, que podem ser compradas por algo em torno de R$ 25,00 (reais em 2002). O cabo cross-over pode ser adquirido em lojas de informática por +/- 15 reais. O programa de firewall é o Trend Pc-Cilin 2002, que também é antivírus. Nos dois micros o Windows 98 SE, que ainda é a versão mais utilizada, mas no Win Me (millenium) as configurações são as mesmas.  Para o compartilhamento do acesso à internet, vamos usar o Winconnection, fácil de configurar e gratuito até 3 micros, com um detalhe importante - note na página de download da Winconnection, que há uma programa para cada micro, um próprio para o servidor (que tem o acesso à internet) e outro para os clientes.

O primeiro passo é montar a parte física da rede, começando pelo micro que já está ligado à internet com a conexão de banda larga - a cabo (cable modem). ATENÇÃO, este micro já tem uma placa de rede, utilizada na conexão com o cable modem. Vamos instalar a segunda, para a ligação com a rede local. Clique com o botão direito no item Meu Computador e em Propriedades e na aba Gerenciador de Dispositivos. No item Adaptadores de Rede, veja qual é a placa de rede já instalada, selecione com um clique do mouse e clique no botão Propriedades para ver mais detalhes dela. Anote seus dados para não confundir com a nova placa. Clique na aba Recursos e anote também o número do pedido de interrupção (IRQ) que ela está usando. Desligue o micro. 

Abra o gabinete e encaixe uma das placas de rede num slot livre. Reinicie a máquina e o Windows detectará a presença do novo hardware e se ele tiver o driver correto, pedirá o CD de instalação do Windows. Caso contrário, coloque no drive o CD que acompanha a placa e indique ao Windows o caminho deste driver. Esse mesmo procedimento deve ser realizado no segundo micro. Instaladas as duas placas, ligue-as entre si com o cabo de rede. A rede está pronta, mas ainda é preciso fazer algumas configurações para que ela funcione. Primeiro, vamos identificar as novas placas de rede. No micro que tem a conexão com a web, vá ao Painel de Controle e ative o item Rede (ou, na área de trabalho, clique com o botão direito em Ambiente de Rede e escolha Propriedades). Selecione, na lista de componentes de rede, a linha que começa com "TCP/IP ->" e indica o nome da placa recém-instalada (há outra linha, idêntica, com o nome daquela que faz a conexão com a internet). Clique no botão Propriedades e, na orelha Endereço IP, marque a opção Especificar um Endereço IP. Agora, em Endereço, digite192.168.0.1 e, na caixa Máscara de Sub-Rede, 255.255.255.0. Repita esta mesma operação no segundo micro. A única diferença é que nele o endereço IP deve ser 192.168.0.2. Agora, a rede ainda não está disponível, mas já deve existir um reconhecimento básico entre os dois PCs. Se, nos dois micros, você abrir a janela do DOS e digitar 

ping 192.168.0.x 

Se Você receber mensagens positivas, informando o tempo em que o outro micro respondeu, significa que uma máquina está efetivamente ligada à outra. O "x", acima, no comando ping, deve ser, é claro, o número IP do outro PC. 

Redes Windows desse tipo só funcionam mesmo depois que se ativa a capacidade de compartilhar informações. Vá então ao Painel de Controle, clique no icone Rede e no botão Compartilhamento de Arquivos e Impressoras. Na tela que se abre, marque uma ou as duas caixas "Desejo que outros usuários tenham acesso a meus arquivos" e o mesmo para "minha(s) impressora(s)". O compartilhamento está ativado. Falta, apenas, você definir quais recursos de cada máquina serão franqueados à outra. Conforme as escolhas ativadas no compartilhamento, você pode franquear unidades de disco inteiras, diretórios e impressoras. Para isso, abra o Windows Explorer e clique com o botão direito no item desejado e escolha Compartilhamento. Na tela seguinte, escolha a opção Compartilhar Esta Pasta (ou Impressora). A opção-padrão é o compartilhamento completo. Ou seja, quem faz o acesso remoto tem direitos totais: ler, modificar e apagar arquivos. Há ainda as opções Somente Leitura ou Depende de Senha. 

É fácil reconhecer, na própria máquina, os recursos que estão compartilhados: os ícones deles passam a exibir uma pequena mãozinha. No outro micro, os recursos tornam-se visíveis no Windows Explorer ou no diretório Ambiente de Rede. 

Pronto, montamos uma rede ponto a ponto com os dois micros e o próximo passo é partilhar entre eles o acesso à internet e proteger a rede doméstica de ataques externos. Passe ao micro equipado com as duas placas de rede e instale o Winconnectio Servidor, que deverá detectar automaticamente todos os dispositivos. Siga a instruções da tela e ao final, instale o programa cliente, no outro micro.

 --> Download do WINCONNECTION

.
.
.
   <-- Voltar